Você conhece o GTD? - Introdução

by - abril 26, 2018


GTD é a abreviação da marca “Getting things done” – no Brasil, traduzida como: “A arte de fazer acontecer”, obra do especialista em produtividade, o americano, David Allen.  


O GTD é um sistema de gestão para a vida pessoal e profissional que visa acabar com o estresse do corre-corre e traz soluções para o controle da sua vida.
logo-gtd
No site da Call Daniel, única escola autorizada no Brasil a dar treinamentos desse método, eles trazem um complemento para a definição do GTD:
O GTD™ permite maior performance, capacidade de realização e inovação. Alivia a sensação de sobrecarga, gerando foco, clareza e confiança. Décadas de pesquisa e prática do GTD™ no cotidiano, levaram à publicação do Best-Seller Internacional: “Getting Things Done” (A Arte de Fazer Acontecer). (…) É o método para melhorar a qualidade de vida, gerar mais impacto nos resultados da empresa e na vida pessoal com equilíbrio.
Para que você realmente consiga gerenciar melhor seu fluxo de trabalho, o GTD traz 05 hábitos ou 05 passos essenciais para sua implementação:
1.    Capturar
Você vai registrar num caderno, bloco de anotação ou aplicativo tudo aquilo que você precisa fazer, ou sonha em fazer, aquilo que precisa da sua atenção. Também vai reunir TODA a papelada arquivada em todo canto. O objetivo é tirar da cabeça e colocar em ordem! Como o próprio David fala: “sua mente é para ter ideias, não para armazená-las”.
2.    Esclarecer
Agora, com a lista de tudo o que estava na sua cabeça e toda a papelada em mãos, olhe para cada item e pergunte: “ISSO DEMANDA AÇÃO?”. Se não demanda você tem 03 escolhas: jogue fora, incube ou arquive como referência. Se demanda, você tem que pensar na próxima ação. Demora menos de 02 minutos para ser feito? Então, faça! Demora mais, ou não cabe à sua competência fazer aquilo? Então delegue ou adicione em uma lista de tarefas para fazer o quanto antes.
3.    Organizar!
Vejam só, algumas pessoas pensam que o GTD é um método de organização, mas organizar faz parte do processo, o objetivo do método é a produtividade, é fazer as coisas melhor e poder gerenciar seu tempo de uma maneira mais inteligente e sem estresse. Nesse passo você vai separar suas listas de atividades por categorias, que é o que chamamos de “contexto”. Como, por exemplo:  casa, trabalho, fazer na rua, e-mails para enviar ou responder, ligações para fazer etc. Coloque tags nessas listas de tarefas.
4.    Refletir
Olhar suas listas com frequência faz com que você fique mais tranquilo quanto às suas escolhas e atividades, além de definir as prioridades. As revisões semanais, mensais ou anuais ajudam a esclarecer, te guiam melhor quando precisar alterar alguma rota dos seus projetos e ainda ajudam a manter o foco!
5.    Engajar!
Apenas execute! O GTD vai te dar a segurança de estar fazendo a coisa certa, no momento certo. Desde que você faça as coisas acontecerem.
Aqui trago um fluxograma para visualizar melhor tudo o que falei acima:
gtd-guia-referencia.jpg
Adiante vamos entender cada um desses 5 hábitos e cada um desses itens do fluxograma 😉
Até a próxima!

You May Also Like

0 comentários